terça-feira, 28 de abril de 2009

Aleister Crowley nos cinemas!

A coisa tá ficando cada vez mais explícita. O chamado "pai do satanismo moderno" foi homenageado neste filme recentemente (maio de 2008). E por quem? Pelo vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson.

"O roqueiro escreveu o roteiro do novo filme de Julian Doyle, intitulado "Chemical Wedding". O título é uma referencia ao álbum [solo] lançado pelo músico em 1998.

A história mostra a reencarnação do ocultista Aleister Crowley. Crowley inspirou mentes como Ozzy Osbourne, Raul Seixas, Beatles e Jimmy Page. Este que chegou a comprar uma mansão onde Crowley viveu, entre outros.

Chemical Wedding é estrelado por Simon Callow no papel do ocultista Mr. Crowley, Kal Webber, Lucy Chudden, Jud Charlton e John Chrapnel.

Veja o trailer do filme e tire suas conclusões:


Trecho de uma entrevista com Bruce sobre o filme:

De onde vem todo seu interesse por Aleister Crowley ?

Acho que o Crowley é sem dúvida a figura mais inspiradora do universo do ocultismo. Leio e estudo Crowley desde minha pré-adolescência. A despeito de todas as controvérsias que sempre o rondaram, ele levou o "faze o que tu queres ao limites do extremo." Ele é sem dúvida a inspiração definitiva para todos aqueles que amam o ocultismo e dedicam suas horas vagas para entender o submundo em que vivemos.

Não acha que tudo o que já tinha de ser dito sobre Aleister Crowley já foi dito ?

Não mesmo. Além disso, o filme têm uma abordagem diferente sobre Aleister Crowley. Foge dos clichês tradicionais, acho que aborda muito mais uma questão fáustica, de como alguém é capaz de apelar para qualquer coisa, por mais perigosa que seja a fim de realizar seus objetivos, seus desejos mais perversos. Tentei também citar figuras que foram preponderantes na vida de Crowley como Jack Parsons e Ron Hubbard.

Seus projetos solos ou projetos paralelos foram motivo para sua saída da banda em 1993, acha que isso pode voltar a acontecer ?

Não tenho mais a energia suficiente para me dedicar a tantos projetos ao mesmo tempo. Hoje minha agenda é bem controlada e já experimentei com tudo na vida. Já sei do que gosto e do que não gosto, do que vai dar certo ou não. Estou feliz e satisfeito com tudo o que está acontecendo agora. Caso contrário, não teria idéias para um novo disco do Iron Maiden.

Um novo disco conceitual ? E dessa vez sobre a vida e obra de Aleister
Crowley ?

(Bruce fica nitidamente surpreso) Poderia ser. Poderia ser. Conceitual sim e o que não falta é assunto sobre Aleister Crowley.

Nota:Homenagens e mais homenagens para quem tem sustentado sua vida por tantos anos!
"O mundo inteiro jaz no maligno"(1 João 5:19)

Gilliard Farias

domingo, 26 de abril de 2009

Dissensão Científica do Darwinismo

"Somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida. Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado."


Durante décadas recentes, novas evidências científicas de muitas disciplinas científicas como a cosmologia, física, biologia, da pesquisa de "inteligência artificial", e de outras áreas fez com que os cientistas começassem a questionar o dogma central darwinista da seleção natural e a estudar com mais detalhes a evidência que a apóia.

Mesmo assim, os programas das TVs públicas, os documentos das políticas educacionais, e os livros-texto de ciência têm afirmado que a teoria da evolução de Darwin explica completamente a complexidade das coisas vivas. Ao público tem sido assegurado que toda a evidência conhecida apóia o darwinismo e que virtualmente todo cientista no mundo acredita que a teoria é verdadeira.

Os cientistas nesta lista contestam a primeira afirmação e se levantam como testemunho vivo contradizendo a segunda. Desde quando o Discovery Institute lançou esta lista em 2001, centenas de cientistas têm se manifestado corajosamente para assinarem seus nomes.

A lista está crescendo e inclui cientistas da Academia de Ciências dos Estados Unidos, das Academias de Ciências Nacionais da Rússia, da Hungria, da República Checa, do Brasil, e de universidades como Yale, Princeton, Stanford, MIT, UC Berkeley, UCLA, e outras (Unicamp, USP).

Clique aqui para saber como você pode adicionar seu nome à lista da Dissensão Científica do Darwinismo.

Quem pode assinar a declaração?

Os signatários da lista da Dissensão Científica do Darwinismo devem ter o grau de Ph.D. numa área científica como biologia, química, matemática, engenharia, ciência da computação, ou uma das outras ciências naturais; ou devem ser médicos e atuar como professor de medicina. Os signatários também devem concordar com a seguinte declaração: "Somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida. Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado." Se você preenche esses requisitos, favor considerar a assinatura da declaração enviando por e-mail a seguinte informação para contact@Dissentfromdarwin.com:

NOME QUE VOCÊ DESEJA QUE CONSTE NA DECLARAÇÃO
GRADUAÇÃO (inclusive ÁREA e UNIVERSIDADE – e.g., Ph.D. em Biologia Molecular, UFMG –Universidade Federal de Minas Gerais)
POSIÇÃO ATUAL (e.g., Professor de Astronomia, UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, ou cientista pesquisador, Corporação XYZ). Se você estiver trabalhando atualmente na área privada, você será identificado pela sua graduação em vez de sua posição.
COMENTÁRIOS — Por favor, se você quiser, declare brevemente por que você duvida do Darwinismo.

Criacionismo.com.br

sábado, 25 de abril de 2009

O Dilúvio Universal, verdade ou mentira?

1° Parte:


2° Parte:


3° Parte:


4° Parte:


5° Parte:


6° Parte:

quarta-feira, 22 de abril de 2009

O Vôo 666!

O nome Iron Maiden é atualmente reverenciado no campo da música pesada como são poucos grupos ao longo das últimas décadas. Há quase 35 anos que esta banda desempenha um papel preponderante na cena heavy metal mundial, sendo reconhecida pelos especialistas na matéria como uma verdadeira referência.

A simples menção do nome Iron Maiden (Dama de Ferro, em inglês) fora do âmbito musical, é um motivo assustador para alguns, uma vez que se refere a um instrumento medieval de tortura. Mas para os acérrimos fãs, ele é um símbolo de veneração - recentemente, na Colômbia, um jovem fã chorou convulsivamente de alegria ao conseguir apanhar a baqueta atirada pelo baterista na direção da assistência...

Agora, após a banda ter percorrido mais de 70.000 quilómetros em 45 dias, efetuando 23 concertos em 13 países diferentes, um documentário sobre a mais recente digressão do grupo, a 'Somewhere Back in Time' (Algures Atrás no Tempo), foi editado. O nome dado ao filme foi... 'Vôo 666'.

Se quanto à palvra vôo, rapidamente a podemos identificar com o gosto de Bruce Dickinson, vocalista da banda, pela aviação e pilotagem de aviões, quanto ao numero 666, o estudante da Bíblia também rapidamente se apercebe qual a alusão que é feita... Mas será que podemos confirmar isso?

De acordo com Apocalipse 13, o misterioso número 666 é uma das caraterísticas identificativas de uma besta que sobre da terra (v.12). Esta besta, é um poder que oprime o fiel povo de Deus (já tive a oportunidade de sugerir um excelente estudo sobre este assunto, aqui).

Tendo este breve resumo em mente, vamos recuar um pouco à história do grupo Iron Maiden, e rever alguns fatos sobre esta banda.

a) a mascote do grupo é o 'Eddie the Head', um... morto-vivo;

b) já atuaram com bandas de inspiração satânica, como por exemplo Kiss, Judas Priest (Sacerdote de Judas) e Black Sabbath (Sábado Negro);

c) alguns dos álbuns têm os seguintes títulos: 'Killers' (Assassinos), 'The Number of the Beast' (O Número da Besta), 'Fear of the Dark' (Medo das Trevas), 'Dance of Death' (Dança da Morte), 'A Real Dead One' (Um Verdadeiro Morto) e 'Best of the Beast' (O Melhor da Besta);

d) ocultismo, crimes de assassinato e as trevas são temas recorrentes nas letras das canções;

e) por pressão de grupos religiosos no início da década de 1980, tiveram de colocar nas capas do albuns um aviso parental devido às letras usadas;

f) o album 'Seventh Son of a Seventh Son' (Sétimo Filho de um Sétimo Filho) é uma compilação de canções sobre uma criança possuída com poderes de vidência;

e) membros da banda contam que durante a gravação de 'The Number of the Beast', vozes esquisitas ouviam-se misturadas nas fitas com a gravação efetuada...

Pois bem, 'Vôo 666' estreia hoje simultaneamente em 42 países. Em face do exposto anteriormente, pergunto: quem será que comanda o vôo 666?

Deixo duas pistas. A primeira é extraída do livro de Ellen White 'Mensagens aos Jovens', página 52: 'vi anjos maus contendendo pelas pessoas e anjos de Deus que lhes resistiam. Árduo era o conflito. Anjos maus apinhavam-se em redor delas, corrompendo a atmosfera com sua envenenadora influência e entorpecendo-lhes as sensibilidades'.

A segunda, está no livro, da mesma autora, 'O Grande Conflito', página 519: 'ninguém, todavia, necessita ser enganado em relação a eles. Pode-se facilmente ver de quem são filhos, o exemplo de quem seguem, e a obra de quem fazem. "Pelos seus frutos os conhecereis" (Mateus 7:16). Seu procedimento assemelha-se ao de Satanás, o odioso caluniador, "o acusador de nossos irmãos" (Apoc. 12:10).

Ah, já agora, para os interessados (espero que não seja o caso do leitor...): preço dos bilhetes de entrada? 6,66€...

O Tempo Final

Mediante ao comentário de William

Na postagem Daniel Spencer estava certo sobre o Tálamo e o Hipotálamo?, surgio o seguinte comentário de William: "O doutor está fisiológicamente correto. Porém a resposta dele é tendenciosa por dois motivos:
1 - Já assisti palestras dele e sei que ele defende teorias bastante retrogradas para a igreja, semehantes as da igreja adventista da reforma.
2 - Procure no www.pubmed.com ou no www.scielo.br e veja se encontra trabalhos cientificos respeitaveis que provem causa e efeito quanto a ideia da bateria. Não existe nada lá! E se estamos falando de ciencia e nao está lá, algo está errado!

Continuo com a visão de que o que importa não é a garrafa e sim o conteúdo dela."

Quanto a isso, eu Jean R. Habkost declaro as seguintes palavras:

1°: A palavra retrograda ou retrogradar vem do sentido “Andar para trás; recuar; retroceder ou caminhar em sentido inverso do progresso.”. Sinceramente, conhecimento nunca foi e nunca vai ser algo que nos leve a caminhar contra o progresso, a não ser que o devido progresso seja para a desobediência a Deus, como está sendo tratado nas palestras, e todos os assuntos abordados não só por Daniel Spencer, pois não é único palestrante que trabalha nesse área, não são de intuito retrossigo a salvação, mas sim à apostasia descrita profeticamente em Apocalipse 3:14 a 22, no período da igreja de Laodicéia.

2°: Biblicamente Deus nunca aprovou tambores em sua adoração no santuário. Por que agora Deus mudaria? Logo hoje no tempo do fim? (Quanto a esse assunto recomendo as palestras do Gilberto Theiss e que logo estarão também em vídeos neste blog.)

3°: Se realmente existe uma estratégia satânica nos níveis musicais e seus estilos, e biblicamente Jesus descreve o grande conflito como que “o mundo jaz no maligno” (1 João 5:19), resta-nos pensar: Será que satanás permitiria algo cientificamente provado sobre o que ele por anos vem tentando enganar? E por mais que tenha ou deixe de ter algo cientificamente provado, o que isso impele? Acaso podemos provar o motivo de nossa esperança como cristãos, cientificamente? E por isso deixarei eu, de crer na volta de Cristo? Não há necessidade de haver algo específico sobre o tema, pois pode-se muito bem estudar como exemplo, “efeitos da música sobre o corpo”, “efeito dos sons no cérebro” e etc, fazendo por fim uma ligação dos estudo. (Justamente o que os palestrantes desta área fizeram).

4°: Por qual motivos o Doutor seria tendencioso? Acaso ele é “parceiro” no trabalho do palestrante Daniel Spencer? Tinha ele algo a ganhar ou a perder? Me pareceu simplesmente um doutor explicando os questionamentos de um "paciente".

Agora passo a palavra ao Cristiano, referindo-se também ao comentário do William:

Gostaria de tecer um comentário em cima do que o William comentou a respeito de não haverem trabalhos científicos de causa/efeitos fisiológicos do som/bateria.
Oras, isso não é uma questão de "trabalhos científicos". É uma questão sim do que já se é muito conhecido para qualquer um que vá pesquisar um pouco sobre Física (comprimento de ondas e intensidade do som) e Bioquímica, Fisiologia Humana.
E no comentário sobre "ideias retrógradas", creio que devemos ter a sensibilidade de fazer uma leitura científica e a humildade de reconhecermos que não temos o que argumentar contra dados técnicos, comprovados e respeitá-los ou quem sabe tecer um comentário não tão agressivo e pessoal.
Abaixo, há uma explicação um pouco mais detalhada do efeito que o som pode ter em nossa fisiologia, a saber da intensidade do som e seus efeitos. É uma explicação de que não se necessitam "trabalhos científicos", uma vez que isto já é de pleno conhecimento e estabelecido no meio acadêmico. Tenham um boa leitura.

Com intensidade de 90 decibéis para cima o som é percebido como vibrações. Essas vibrações penetram no corpo influenciando diretamente nossos órgãos. As ondas sonoras graves tem maior comprimento e podem penetrar em distâncias maiores.
No labirinto existe um liquido que, quando se movimenta, empurra as células ciliadas para um lado ou outro. Quando viramos a cabeça para um lado o liquido se movimenta e empurra os cílios das células receptoras para o outro lado, aumentando ou diminuindo o número de estímulos elétricos enviados pelo nervo ao sistema nervoso central. O sistema nervoso central é que decifra a quantidade de estímulos elétricos, compara com a posição do resto do corpo e dá a percepção de equilíbrio.
Se um som com 90 decibeis ou mais fizer com que o liquido do labirinto incline os cílios das células receptoras, o sistema nervoso vai decifrar isso como movimento e irá ajustar os músculos dos membros para equilibrar, assim poderá alterar o equilíbrio do corpo.
As imagens projetadas nos olhos também infuenciam o equilíbrio, pois o Cerebelo é que integra as informações oriundas dos olhos e aquelas oriundas do labirinto. Muitas vezes as informações vindas do labirinto e dos olhos são conflitantes e isso provoca desequilíbrio. Como os nervos que levam informações do labirinto para o cérebro é muito próximo do nervo Vago que leva e traz informações do sistema gastrointestinal, uma estimulação forte do nervo que sai do labirinto pode estimular o nervo Vago e produzir ânsia de vômito e até vômitos.
Enquanto houver estímulos sobre as células receptoras e o cérebro receber essas informações, esses fenômenos continuarão ocorrendo.

Os Benefícios da Leitura Bíblica

Salmo 119.105 "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho."

Deus deixou sua Palavra, a Bíblia Sagrada ao seu povo para que, por meio dela seu povo viesse a alimentar-se espiritualmente. Da mesma forma como Deus enviava o pão dos céus ao israelitas quando peregrinavam em direção à terra prometida, hoje o Senhor continua enviando alimento espiritual, através de sua palavra enquanto peregrinamos nesta terra em direção ao lar celestial.
Abaixo seguem-se oito motivos para nós, cristãos lermos sua Palavra a cada dia.

1. Ela nos tornará cristãos mais fortes

Ninguém deseja ser fraco, quer seja física ou espiritualmente. Os "jovens" de 1João 2.14 já não eram mais "filhinhos", eram fortes, porque a Palavra de Deus permanecia neles e eles haviam vencido o maligno. Isto significa que haviam se alimentado da Palavra de Deus e não estavam mais sendo constantemente derrotados pelo pecado e pelas tentações. Existe somente um modo para se crescer e fortalecer-se espiritualmente: a leitura e o estudo da Palavra de Deus.
Geralmente as pessoas que fracassam espiritualmente têm um denominador em comum: a negligência da leitura da Palavra de Deus. Todos estes fracassos (e conseqüente infelicidade) poderiam ter sido evitados, se houvessem aprendido a ler e estudar a Palavra de Deus constantemente.

2. Ela nos dará certeza da salvação

A primeira necessidade de um cristão é adquirir certeza absoluta de sua salvação. Ela as vezes parece boa demais para ser verdade. Por isso uma das primeiras dificuldades que um novo convertido encontra, depois que se afasta um pouca da pessoa que o conduziu a Cristo, é abrigar algumas dúvidas a respeito da salvação. A única fonte visível desta certeza é a Bíblia. Mas de que vale ela, se ele não a lê? As promessas e garantias que são feitas por Deus serão de pouco valor, se permanecerem encerradas entre as páginas da Bíblia. Os cristãos precisam tê-las gravadas em suas mentes. E foi para isto que a bíblia foi escrita. Notemos 1João 5.13: "Escrevi-lhes estas coisas, a vocês que crêem no nome do Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna."

O cristão que tem uma certeza sólida que é filho de Deus, que Ele é o seu Pai celestial, possui as bases para viver uma vida cristã sadia. A grande maioria das pessoas que vivem sobrecarregadas de temores, preocupações e outras fraquezas emocionais, geralmente não tem certeza da salvação e de que Deus está cuidando dela. Ninguém poderá ter certeza das coisas de Deus enquanto se limitar aos seu próprios pensamentos, pois como a Bíblia ensina, o conceito de Deus não vem pelo muito pensar, mas pela "sabedoria de Deus" - a Bíblia (1Co 1.21).

A Bíblia também afirma que "enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e incorrigível. Quem o entenderá? (Jr 17.9). Se alguém deseja a certeza da salvação, então deve começar a ler a Bíblia regularmente - é a única fonte de onde pode-se obtê-la.

3. Ela nos dará confiança e poder na oração

Quando você se torna um cristão, passa a ter um relacionamento com Deus, e esse relacionamento inclui um diálogo. Mas como sabemos que Ele nos ouve? Porque Ele afirma em sua Palavra, em inúmeros textos. A passagem de 1João 5.14,15 ensina que podemos orar com a confiança de que Ele nos ouve. Em João 15.7 o Senhor Jesus promete: "Se vocês permanecerem em mim e as minhas palavras em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido". Isto significa que a leitura da Palavra de Deus (que é o modo que a Palavra de Deus permanece em nós) nos concede poder na oração, pois ao estudarmos sua Palavra, ficamos familiarizados com a vontade de Deus, e consequentemente aprendemos a orar com eficácia.

4. A purificação dos pecados

A Palavra de Deus tem efeito purificador na vida do cristão. O Senhor Jesus disse: "Vocês já estão limpos, pela palavra que vos tenho falado" (Jo 15.3). Em outra ocasião o Senhor orou assim: "Santifica-os na verdade; a Tua palavra é a verdade" (Jo 17.17). A Bíblia tem o poder de purificar o crente que a estuda.

Se você é um crente novo, precisa saber o que é e o que não é pecado aos olhos de Deus. Deus não nos abandona a mercê de nossos pensamentos. Ele diz: "De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra" (Sl 119.9) O estudo bíblico nos purifica e nos adverte contra o pecado. Ou a Bíblia nos afasta do pecado ou o pecado nos afasta da Bíblia.

5. Ela produzirá paz

Uma das evidências da nova vida com Deus é a paz que sentimos no coração, mesmo quando as circunstâncias ao nosso redor só inspiram preocupações e temores. O Senhor Jesus disse: "Eu lhes disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz..." (Jo 16.33). O que torna esta afirmação mais relevante é o fato de que o Senhor deu esta mensagem a seus discípulos pouco antes do tumulto que culminou com sua crucificação. Ele desejava que seus discípulos tivessem paz mediante suas palavras, exatamente quando estavam para enfrentar aquela crise iminente. A quase dois mil anos o povo de Deus tem se fortalecido para as crises da vida, lendo e estudando a Bíblia.

6. Ela nos capacitará a testemunharmos de nossa fé

A maioria das pessoas que encontramos desconhecem quase que totalmente os conceitos bíblicos. Muitas têm dúvidas ou indagações, e precisam de orientação de alguém que conheça a Bíblia. Atualmente a maioria dos cristãos são superficiais com relação ao conhecimento da Palavra de Deus, desta forma, isto gera também um testemunho superficial. É dever de todo cristão ter um conhecimento da Palavra de Deus e saber explicá-la. Como sua Palavra nos diz: "...estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vocês, fazendo-o todavia com mansidão e temor" (1 Pe 3.15,16). O único modo de responder ao que nos indaga, ao que zomba ou ao pesquisador sincero que busca o conhecimento da verdade, é nos prepararmos por meio da leitura e estudo diário da Bíblia.

Ninguém pode transmitir aos outros aquilo que não sabe. Todo o crente deve testemunhar de Cristo a outros de maneira positiva, mas isto é totalmente impossível se ele não tiver, pelo menos, um conhecimento elementar da Palavra de Deus. A Bíblia afirma que o Espírito Santo nos fará lembrar da Palavra de Deus no momento oportuno (Jo 14.26), porém como o Espírito nos lembrará daquilo que não lemos?

7. Será uma garantia de sucesso e nos orientará nas decisões da vida.

Todo mundo quer ter sucesso na vida. É por isso que os livros que ensinam como vencer na vida são tão populares hoje em dia. Ninguém leria um livro que ensinasse a fracassar. Há uma interessante passagem bíblica em Josué 1.8: "Não cesses de falar deste livro da lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo a tudo quanto nele está escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido". A meditação diária da Palavra de Deus produz uma vida estável. E certamente assim aconteceu com Josué.
A Bíblia também nos orienta a tomarmos decisões com sabedoria, conforme o Salmo 119.105: "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho". Os princípios de Deus nos servem de guia, quando temos de tomar decisões.

Examinando o Salmo 1, encontramos a fórmula para uma vida bem sucedida: "bem aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta à roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita dia e noite. Ele é como árvore plantada junto à corrente de águas, que no devido tempo, dá o seu fruto, cujas folhas não caem. Tudo o que fizer prosperará".

Infelizmente a maioria dos cristãos crêem que estão "ocupados demais" nos seu dia-a-dia, para revigorarem a mente com a Palavra de Deus. O que não percebem é que ter tempo é uma questão de preferência, e que a longo prazo, um momento devocional não custaria nada, pois o restante do dia será com certeza mais proveitoso, do que se negligenciasse a leitura bíblica.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

VAMOS ORAR!!!

A Comissão de CCJ aprovou [no dia 16], em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 2171/03, do deputado Rubens Otoni - PT/GO [foto], que garante a aplicação de provas e a atribuição de frequência a alunos impossibilitados de comparecer à escola por motivos de liberdade de consciência e de crença religiosa. A proposta segue para o Senado. Otoni explicou que o estudante poderá pedir para realizar a prova em um dia que não coincida com o período de guarda religiosa. A escola deverá oferecer um horário no mesmo turno em que o aluno estiver matriculado. O objetivo da proposta é regulamentar a situação dos protestantes, dos adventistas do sétimo dia, dos batistas do sétimo dia, dos judeus e de todos os seguidores de outras religiões que guardam o período compreendido desde o pôr-do-sol da sexta-feira até o pôr-do-sol do sábado em adoração divina. O relator, deputado João Paulo Cunha - PT/SP, apresentou emendas de redação que não mudaram o teor da proposta.

(Leia aqui a íntegra da proposta)

Nota: É bom destacar que o Projeto de Lei foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas ainda seguirá o trâmite até a possível aprovação. Se aprovado, resta saber como ficará a contradição em relação à data da prova do Enem deste ano. Sem dúvida, esse é o tipo de assunto [liberdade religiosa] que merece nosso apoio e orações.[MB]

DEVEMOS ORAR POR ISSO!!

Criacionismo.com.br

domingo, 19 de abril de 2009

Extraterrestres: eles estão chegando! – Parte 3







A insistência da mídia em temas ufológicos, em si, constitui-se em um fato suficiente para suspeitar de que a mente da população mundial esteja sendo condicionada para aceitar futuras aparições de “ETs” trazendo mensagens do além (a julgar pela natureza dos porta-vozes, as mensagens certamente entrarão em choque com o ensino das Escrituras). Porém, a análise da literatura ufológica ainda vai nos acrescentar maior compreensão sobre as reais implicações do fenômeno moderno da ufologia.

OS FATOS:

1. A revista mensal UFO, conhecida como a Revista Brasileira de Ufologia, apresenta na matéria de capa da edição nº 126, de outubro de 2006, uma entrevista (13 páginas) com o renomado autor espiritualista (e também ufológico) Rogério de Almeida Freitas, conhecido pelo pseudônimo de Jan Val Ellam. O título na capa indica o propósito da entrevista: “Eles estão chegando”.

2. Jan Val Ellam, como é conhecido entre os espiritualistas, é formado em administração de empresas e ocupa atualmente o cargo de diretor executivo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte. É tido como um “homem sério” com “argumentos sérios”, razão que fez somente aumentar a polêmica da sua entrevista concedida à UFO. Já escreveu quase 15 obras nas áreas de espiritualidade e também ufologia. E esse é um ponto que não deve passar despercebido aos cristãos: que a ufologia tem, sim, um lado ocultista-esotérico, apresentando muita semelhança com certas práticas espiritualistas (leia-se espiritismo), ao contrário do que dizem certos ufólogos.

3. Prova de que essas áreas se unem por crenças e práticas ocultistas é o fato de que, no próximo mês (novembro), nos dias 24 a 26, será realizado em São Paulo, o Congresso Internacional de Esoterismo, promovido pela Grande Loja Maçônica Arquitetos de Aquário (já afirmamos neste blog que as sociedades secretas também estão envolvidas com práticas pagãs-ocultistas). Participarão desse congresso conferencistas e pensadores de várias áreas do esoterismo, desde terapias de vidas passadas à Maçonaria, da medicina alternativa à astrologia, e também - não poderia faltar, é claro - a ufologia. O evento está sendo divulgado pelo site da revista UFO.

4. Ainda sobre a ligação do espiritualismo com a ufologia (possuem a mesma fonte inspiradora), a revista espiritualista Sexto Sentido, edição nº 78, na matéria “Contatos mediúnicos com extraterrestres”, afirma claramente no subtítulo: “Os contatos mediúnicos do século 19 eram muito parecidos com as mais recentes canalizações de mensagens de extraterrestres”. Percebeu a ligação? A pergunta que surge agora para os cristãos é a seguinte: Se Deus proibiu na Bíblia a consulta aos médiuns e aos mortos, não seria razoável pensar que essa proibição se estenderia também ao contato com os supostos “ETs”? “Não se achará entre ti... nem necromante... nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor.” Deuteronômio 18:10-12.

5. Na entrevista dada à revista UFO, Rogério de Almeida Freitas afirmou com toda convicção que, desde 1986, recebe mensagens dos “irmãos cósmicos”, das “avançadas inteligências cósmicas”, que, segundo disse, são “seres muito semelhantes a nós, mas mais evoluídos, como irmãos mais velhos” (com certeza, os mesmos “irmãos” que falam através dos médiuns!). Além disso, duas outras crenças do entrevistado merecem análise. Primeiro, sua crença na reencarnação: “Reencarnamos, queiramos ou não, compreendamos ou não” (esta crença faz você lembrar de algo parecido?). A Bíblia não sustenta a doutrina da reencarnação, pelo contrário, afirma claramente que as pessoas devem morrer uma única vez, e depois disso deverão prestar contas a Deus pela sua vida: “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo.” Hebreus 9:27. Nem sequer a Bíblia apóia a existência da vida após a morte: “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento.” Eclesiastes 9:5.

Em segundo lugar, a crença sobre Jesus manifestada durante a entrevista. Para ele, Jesus foi apenas um Mestre, um Avatar, como foram também Buda, Zoroastro e Krishna, entrando em choque, mais uma vez, com o ensinamento bíblico que apresenta Jesus como o Filho de Deus: “Quem é mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo, o que nega o Pai e o Filho.” I João 2:22.

6. Se os pressupostos da ufologia entram tanto em choque com a verdade bíblica, qual será, então, a real intenção para os “ETs” futuramente aparecerem na Terra? Que benefícios obterão os humanos com a chegada desses “seres”? Uma pista para responder esta pergunta pode ser encontrada ainda na entrevista da revista UFO. Perguntado sobre o que vai acontecer com o mundo depois de passarmos a nos relacionar constantemente com esses seres, Rogério afirmou que “o gênero humano evoluirá mais rápido”, porque “as gerações mais velhas, vinculadas aos comportamentos fundamentalistas”, já terão desencarnado da Terra (certamente os cristãos que têm sua convicções baseadas na Bíblia serão considerados fundamentalistas pelos “ETs”). Ele fala desses fundamentalistas como “alguns milhões de indivíduos que intoxicam a atmosfera terrestre com um psiquismo doentio que marca sua profunda ignorância espiritual” (curioso que Jesus considerava “ignorância espiritual” justamente o contrário do que afirmam os “ETs”: “Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.” Mateus 22:29).

Para deixar mais claro o pensamento do porta-voz dos “ETs” sobre isso, a revista UFO então lhe pergunta sobre as religiões que acreditam no fim do mundo e também que discos voadores são coisas do demônio. Ele então responde: “Se alguém afirma que somente os membros dessa ou daquela igreja terão o privilégio de receber bênçãos em nome de Deus ou de Jesus, esse alguém age criminosamente. Essa pretensa autoridade religiosa está apenas fomentando a intolerância, o que é um desserviço à humanidade.” Bingo! Disse tudo! – “porque, pelas tuas palavras, serás justificado e, pelas tuas palavras serás condenado.” Mateus 12:37. Quer dizer, então, que o grande benefício para a humanidade da chegada dos “ETs” à Terra será incriminar os fundamentalistas (leia-se cristãos)? É para isso que os “ETs” aparecerão? Se esse é o ponto, então os “ETs” incriminariam o próprio Jesus: “Nem todo que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de Meu pai que está nos céus.” Mateus 7:21.

Seja lá quando for que esses “ETs” apareçam, uma coisa é certa: a Palavra de Deus deve continuar soberana!

“Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?” Salmo 11:3

Pr. Sérgio Santeli

Casa de bambu! Que tal?

Um pesquisador chinês radicado nos Estados Unidos desenvolveu uma nova forma para construir casas de bambu que nada deixa a dever às casas norte-americanas, construídas com placas de materiais compósitos, ou às casas chinesas, construídas de alvenaria.

E, se a menção a uma casa de bambu lhe traz à mente uma choupana feita com bambus empilhados, é melhor pensar de novo e lembrar-se das tecnologias de processamento de madeiras hoje disponíveis e dar uma olhada nesta casa de bambu do século XXI - a foto ao lado mostra o protótipo construído com a nova tecnologia.

O Dr. Yan Xiao, atualmente professor da Universidade do Sul da Califórnia, desenvolveu um sistema de processamento do bambu que resulta em placas semelhantes ao MDF. Batizada de GluBam®, a tecnologia já foi patenteada e está em processo de licenciamento.

Casa de bambu

A casa de demonstração não deixa dúvidas quanto à resistência do novo material compósito: batizada de "estilo Califórnia", a casa tem dois pavimentos, 5 quartos, 3 banheiros e 1 lavabo, sala com lareira e garagem para 2 carros, além dos demais aposentos. A área construída total é de 260 metros quadrados.

A técnica de construção é a mesma utilizada nas casas tradicionais de madeira, com a fixação feita por parafusos, grampos e pregos.

Segundo Xiao, a estrutura da casa é um marco no uso do bambu na construção moderna, mesmo considerando a milenar tradição chinesa na construção de casas de bambu.

Uma das grandes vantagens da casa de bambu é a sua maior resistência a abalos sísmicos. O Dr. Xiao espera que a tecnologia possa ser utilizada na reconstrução das áreas devastadas recentemente pelo terremoto na região de Sichuan.

Derrubando bambu em vez de árvores

A China tem as maiores áreas cultivadas com bambu em todo o mundo. Devido ao desmatamento acelerado, o governo recentemente colocou severas restrições à derrubada de árvores para a obtenção das madeiras tradicionais, o que abre maiores possibilidades para o uso da tecnologia de bambu na construção civil naquele país.

"A construção é muito mais fácil do que fazer as estruturas tradicionais de concreto armado usadas na China," diz Xiao. "A casa inteira pode ser construída por oito trabalhadores em um período de três meses."

Segundo o pesquisador, dada a grande disponibilidade de bambu na China, naquele país a casa poderá ser fabricada a um custo mais baixo do que as casas tradicionais de alvenaria.

IT

Nota: Uma nova alternativa um tanto mais ecológica, me parece...
Mas logo me lembrei dos ameaçados de extinção, os Pandas!
Naturais das florestas de bambus, com certeza sofreram com seus desmatamentos.

É de se pensar várias vezes antes de se adotar este novo meio.

sábado, 18 de abril de 2009

Um Deus como o "eu" quer e não como Ele quer...

A Cabana tem ocupado o primeiro lugar na lista de bestsellers do New York Times, sendo uma narrativa de ficção, que ocupou durante nove meses o número sete em preferência no Amazon e o número seis no Barnes & Noble. Até o mês de janeiro deste ano, cinco milhões de cópias haviam sido vendidas. O livro está sendo traduzido em 30 línguas e um filme está sendo produzido. [N.T.: O povo evangélico emergente adora qualquer coisa que possa diluir o Evangelho verdadeiro, para continuar sentindo-se à vontade com os seus pecados de estimação.] Embora o autor do livro, William Paul Young, não seja membro de igreja alguma e até evite ser chamado cristão, e embora suas doutrinas sobre Deus sejam grosseiramente heréticas, a novela está sendo apresentada como se tratando de um livro de auxílio cristão. A Cabana tem sido endossado pelo Club 700 de Pat Robertson, pelo artista da CCM, Michael W. Smith, por Eugene Peterson (professor do Regente College e autor da Bíblia “The Message”), Mark Baterson (pastor sênior da National Community Church, Washington, D.C.), Wayne Jacbson, autor da obra So, You Don’t Want to Go to Church Anymore), Gayle Erwin, da Calvary Chapel, James Ryle, do movimento Vineyard Churches, Greg Albrecht, editor da revista Plain Truth, dentre muitos outros.

Young foi um dos preletores na Convenção dos Pastores Nacionais, em San Diego (CA), patrocinada pela Zondervan e pela InterVarsity Fellowship. Os 1.500 que frequentaram a Convenção eram pastores e obreiros cristãos. Outros preletores foram Bill Hybels, Leighton Ford, Brian McLaren e Rod Bell . [N.T.: Todos eles são líderes na igreja emergente.] Young teve sua própria vez na Conferência e foi entrevistado em uma das sessões gerais por Andy Crouch, editor sênior da Christianity Today [N.T.: Uma revista totalmente posicionada em favor da igreja emergente.]

Dizem que 57% dos que assistiram à Conferência haviam lido A Cabana e Young foi ali entusiasticamente recebido. Crouch tratou Young como um companheiro crente e não deu o menor sinal de que houvesse no livro algum problema prejudicial de teologia pela maneira como Deus é retratado no livro. Quando Young disse: “Não me sinto responsável pelo fato de que ele (o livro A Cabana) esteja indo contra os paradigmas das pessoas”, ou de como as pessoas pensem a respeito de Deus, a multidão respondeu com palmas, aprovação e risos. A igreja emergente adora contradizer as doutrinas bíblicas tradicionais, sem sentir o menor temor de Deus, quando faz isso.

Young nasceu em Alberta, em 1955, mas passou os primeiros dez anos de sua vida em Papua-Nova Guiné, com seus pais missionários, os quais estavam ministrando ao remanescente do grupo tribal chamado Dani. Ele se graduou no Warner Pacific College, o qual é filiado à Igreja de Deus (Anderson, Indiana), com um diploma em religião. Em A Cabana, Young apresenta o tradicional Cristianismo Bíblico como sendo hipócrita e injurioso. O personagem principal do livro cresce sob “rígidas regras” e seu pai, que ocupava o ofício de ancião na igreja, era um “bêbado às ocultas” e tratava a família com crueldade, quando estava bêbado (p. 7). A hipocrisia é muito prejudicial à causa de Cristo, mas a hipocrisia da parte dos cristãos não desmerece a Bíblia.

O Deus de Young é o deus da igreja emergente. Ele é frio; gosta de rock, não julga pessoa alguma; não se ira contra o pecado, nem envia os incrédulos para o fogo eterno [sic] do inferno; não exige arrependimento, nem o novo nascimento; não impõe obrigação alguma sobre as pessoas; não gosta das igrejas bíblicas tradicionais, nem aceita a Bíblia como a infalível Palavra de Deus e nem mesmo se incomoda que os primeiros capítulos de Gênesis sejam vistos como um “mito”.

(Livros Só Mudam Pessoas)

Criacionismo.com.br

quinta-feira, 16 de abril de 2009

quarta-feira, 15 de abril de 2009

NOSSA VIDA É UM ESTÍMULO OU UMA DUCHA?

Como nós não pertencemos a nós mesmos, visto como fomos comprados por bom preço, é dever de todo que professa ser cristão, manter seus pensamentos sob o controle da razão e impor-se o dever de ser bem-humorado e feliz. Por amarga que seja a causa de sua tristeza, deve ele cultivar um espírito de repouso e quietude em Deus. O repouso que há em Cristo Jesus, a paz de Cristo, quão preciosa, quão salutar sua influência, quão calmante para o espírito opresso! Por escuras que sejam suas perspectivas, nutra ele um pensamento de boa esperança. Ao passo que coisa alguma se ganha pelo desânimo, muito por ele se perde. Ao passo que o bom ânimo e uma calma resignação e paz tornarão felizes e sadios os outros, ao mesmo tempo serão de maior benefício a si mesmo. A tristeza e o falar em coisas desagradáveis, é o mesmo que animar cenas desagradáveis, trazendo sobre si o efeito ruim. Deus quer que esqueçamos tudo isso - não olhar para baixo mas para cima, para cima!
(Carta 1, 1883)

Depressão Pós-Parto

Depressão pós-parto ou puerperal, é uma alteração emocional na mulher que acabou de ter um filho que a prejudica no cuidado do bebê e dela mesmo pela falta de energia, apatia, tristeza forte, angústia, desesperança, sensação de inutilidade, etc. Influências hormonais participam deste sofrimento assim como causas psicológicas. Veremos algumas possíveis causas psicológicas disto. Alguns dados da história foram mudados para impedir a identificação da pessoa, mas a essência do sofrimento emocional é baseada numa história real.

Jovem mulher, 30 anos de idade, casada, de origem hispana, mudou-se para os Estados Unidos onde teve o terceiro filho. Por ter depressão pós-parto teve dúvidas se o uso de medicação anti-depresssiva afetaria o bebê pela amamentação. Sentia desânimo, sem energia para realizar as tarefas de casa, ondas de tristeza, crises de chôro sem causa aparente. Também queixava-se de dificuldade de expressar afeto pelos filhos, agindo mais racionalmente, de maneira fria, embora goste das crianças.

Anos atrás teve depressão pela primeira vez. Tentou reagir sozinha, diziam que poderia ser anemia, fez muita força para tentar realizar as tarefas de casa e cuidar dos filhos, mas ficou muito limitada no dia a dia. Após uma crise mais forte de tristeza e desesperança, foi levada a um médico que prescreveu fluoxetina, um anti-depressivo. Usou-a por um tempo, melhorou alguma coisa, mas não muito. Ainda voltavam as crises de chôro vez ou outra. Ao engravidar a terceira vez o médico recomendou parar com a fluoxetina porque poderia afetar o feto. Levou a gravidez até o final com sacrifício, sentindo-me mal e desanimada.

Ela veio de uma família com pai alcoólico e mãe um tanto dependente. Durante sua infância quando o pai chegava em casa alcoolizado e agressivo, ela protegia os irmãos e ficava assustada num canto da casa. Nunca dizia para a mãe como se sentia, pelo contrário, a ouvia desabafar pelo sofrimento com o marido alcoólico. Ou seja, esta mulher havia adotado um papel de salvadora da família desde pequena, se tornando precocemente “adulta”, pois sempre abandonava sua posição de filha para consolar a mãe assustada e cuidar dos irmãos.

Que fez ela com a necessidade que sentia de proteção, colo, aconchego, ânimo, quando havia brigas e agressões físicas em casa em função do pai alcoólico? Guardava tudo dentro de si, ía para um canto e ficava ali quieta. Nunca pediu colo para a mãe, nunca desabafou com ela sobre seus medos do pai agressivo. Nem sua mãe oferecia este colo, muito menos o pai doente pelo beber excessivo e descontrolado.

Na vida atual estas crises de choro, a tristeza, o desânimo, parecem consequências de todos aqueles anos de sofrimento na família de origem e porque ainda não encontrou uma forma de desabafar seus medos e angústias. É como se aquela criança do passado estivesse voltando e pedindo colo e se sentindo incapaz de ser adulta e, por exemplo, levar uma gravidez até o fim e cuidar do bebê. Ela mantém a tendência de guardar tudo dentro de si e acabou casando com um bom marido, não alcoólico, mas fechado que não “dá colo” quando ela precisa desabafar.

Que mensagens parece haver nesta história? Ao esperar um bebê e ter que lidar com ele após nascer, pode mexer no lado criança dela, o que reacende a dor emocional que sentia quando era menina desamparada afetivamente, gerando tristeza, angústia, desânimo, tudo o que ela sentia quando criança e que não pôde manifestar naquela época. Outras mensagens podem ser: “Como cuidar de meu filho se não aprendi o que é ser mãe com minha mãe?” “Como dar colo se sinto falta de colo?”, “Me sinto uma criança desamparada, como posso ser mãe?” Não são frases ditas pela pessoa, mas pode-se imaginar existirem em seu inconsciente.

Caminhos de solução, além de cuidados físicos, podem ser: (1) Deixar o chôro vir em alguns momentos e expressá-lo, mas não em todos os momentos, para não afundá-la na depressão. (2) Usar o pensamento racional para controlar alguns episódios de vontade de chorar dizendo para si mesma que o pior passou, que agora é adulta e pode cuidar de si, que pode encontrar no marido (após ser orientado) e em alguma amiga o colo que precisa. (3) Não usar medicamento para depressão por causa da amamentação. (4) Expressar afeto pelos filhos mesmo que em vários momentos não sinta o sentimento por eles, pois isto virá naturalmente mais adiante. (5) Perdoar o pai que tinha a doença do alcoolismo e a mãe que não soube dar o colo que ela queria e precisava. (6) Perdoar a si mesma por não ter conseguido reagir positivamente para se proteger no passado contra os sofrimentos, engolindo-os sempre. (7) Aprender a expressar no tempo e modo certos seus sentimentos agradáveis e desagradáveis de maneira equilibrada, ao invés de reprimi-los sempre.

Portal Natura

Ratzinger: inimigo da liberdade

Um artigo do papa Bento XVI, do tempo em que ainda era conhecido como cardeal Joseph Ratzinger, foi publicado na revista da extrema-direita austríaca Die Aula, em sua edição de 30 de setembro de 1997, com conhecimento e autorização expressa do prelado. A notícia foi dada no mês passado pelo semanário alemão Der Spiegel que revela a correspondência entre o Vaticano e a editora neonazi, em que fica claro que o secretário de Ratzinger aprovou a publicação do texto cumprindo ordens do então cardeal. Mas o pior mesmo, segundo o comentarista da Band News Milton Blay, é que, no artigo virulento "Liberdade e verdade", Ratzinger se mostra contra as liberdades individuais e o sistema democrático. Que o atual papa é linha dura e dirigiu a versão moderna da "santa" Inquisição, todo mundo já sabia. Mas, agora, graças a esse artigo trazido à luz, suas ideias reacionárias de um autoritarismo centralizador em descompasso com os tempos modernos (mas perfeitamente de acordo com as profecias) se tornam ainda mais evidentes.

Quem avisa, amigo é!

Cientista previu terremoto, mas foi acusado de 'alarmar a população'

Morador de Áquila, o pequeno vilarejo italiano no epicentro do maior terremoto já ocorrido naquele país desde 1982, especialista em física, revelou nesta segunda-feira que havia alertado as autoridades locais, há algumas semanas, sobre a possibilidade de um tremor de terra "desastroso" em Abruzzo, região que sofreu um forte abalo nesta madrugada.

– Há três dias estávamos vendo sinais fortes de terremoto – disse a jornais italianos Giampaolo Giuliani, técnico do Laboratório Nacional de Física e Astrofísica Gran Sasso, também em Abruzzo.

Segundo ele, o Instituto Italiano de Geofísica registrou cerca de 200 abalos sísmicos em Áquila, cidade no epicentro do terremoto, nos últimos dois meses. No final de março, Giuliani disse às autoridades que a série de tremores registrados poderia ser o anúncio de um evento mais forte.

Mas o técnico conta que foi acusado de "brincar com assuntos sérios" e que foi denunciado à polícia pela Prefeitura de Áquila por alarmar a população.

Avaliação

Entretanto, o diretor do Departamento de Proteção Civil do governo italiano, Guido Bertolaso, declarou que embora a região seja sujeita a abalos sísmicos, não era possível prever o grave terremoto desta madrugada.

Segundo Bertolaso, na semana passada, os principais especialistas em terremotos da Itália haviam se reunido em Áquila por causa dos contínuos tremores, mas concluíram que não era possível prever o ocorrido nesta segunda-feira.

Giampaolo Giuliano não concorda com esta avaliação.

– Esta noite meu sismógrafo indicava um forte terremoto. Esta informação estava online. Todos podiam observar o sismógrafo e muitas pessoas o fizeram. Vivemos a noite mais terrível de nossa vida – comentou o técnico, que disse estar desabrigado.

O Laboratório Nacional usa um sistema de análise chamado Revelador Gama. O método se baseia na observação da emissão de gás radon do terreno.

Segundo Giuliano, há dez anos, o instituto consegue prever eventos como o que atingiu a região do Abruzzo através deste tipo de estudo.

– Há três dias, estávamos vendo um forte aumento do radon, o que indica fortes terremotos – explicou o técnico ao jornal Corriere della Sera.

[Jornal Correio do Brasil Online]
-----------------------------------------------------------------------

Mortos em terremoto na Itália chegam a 260

O número de mortos no terremoto que sacudiu o centro da Itália na segunda-feira subiu para 260, dos quais 16 são crianças, informou hoje o primeiro-ministro do país, Silvio Berlusconi.

Em entrevista coletiva na cidade de L''Aquila, uma das mais atingidas pelo terremoto e para onde viajou pelo terceiro dia seguido, Berlusconi disse ainda que nove corpos ainda precisam ser identificados.

[Site Terra]

CFR

terça-feira, 14 de abril de 2009

O que acontece quando se bebe Coca-cola!

Primeiros 10 minutos: 10 colheres-de-chá de açúcar batem no seu corpo, o que significa: 100% do recomendado diariamente. Você não vomita imediatamente pelo doce extremo porque o ácido fosfórico corta o gosto.

Passados 20 minutos: o nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina. O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura. (É muito para esse momento em particular.)

Passados 40 minutos: a absorção de cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.

Passados 45 minutos: o corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. (Fisicamente, funciona como a heroína.)

Passados 50 minutos: o ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina.

Passados 60 minutos: as propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina. Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco, dos quais seus ossos precisariam. Conforme a onda abaixa, você sofrerá um choque de açúcar. Ficará irritadiço. Você já terá posto para fora tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas que farão falta ao seu organismo.

Pense nisso antes de beber refrigerantes. Prefira sucos naturais. Seu corpo agradece!

Michelson Borges

Coca-Cola tem que admitir que faz mal à saúde

O Comitê de Defesa do Consumidor da Austrália ordenou nesta quinta-feira [2/04] que a Coca-Cola retifique peças publicitárias segundo as quais o consumo da bebida não acarreta risco para a saúde. Em comunicado, o órgão classificou como "inaceitável" a alegação da empresa de que esses riscos seriam um "mito".

Em outubro passado, a Coca-Cola lançou na Austrália uma campanha intitulada "Maternidade e Caça aos Mitos" com a atriz australiana Kerry Armstrong na qual dizia que beber Coca-Cola é seguro para crianças e que é mentira que a bebida causa obesidade e cáries. Nas peças, a empresa também negava que seu produto contivesse cafeína.

"Agora que descobri o que é mito e o que não é, é bom saber que nossa família pode seguir aproveitando uma de nossas bebidas favoritas", afirmava a atriz em uma das peças. "Meus filhos agora me chamam de mamãe, a caçadora de mitos."

"Essas mensagens são totalmente inaceitáveis e dão a impressão enganosa de que beber Coca-Cola nunca contribuirá para ganho de peso, obesidade, ou danos aos dentes", disse Graeme Samuel, o presidente do Comitê de Defesa do Consumidor, em um comunicado.

Segundo a decisão do órgão, a Coca-Cola, agora, terá de publicar novos anúncios em jornais corrigindo os anteriores e terá que publicar, em seu site na internet, uma série de tabelas que comparam os níveis de cafeína com os de chá e café. Conforme o presidente do Comitê, a empresa já concordou em cumprir a punição.

(Folha Online)

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Crimes e Suicídios Relacionados ao Rock

O satanista Richard Ramirez, conhecido como Night Stalker, que aterrorizou a Califórnia na década de 80, tendo matado mais de 14 pessoas, se declarou um grande fã do AC/DC.

Os pais do garoto Steve Boucher, que se suicidou com um tiro na cabeça, tentaram processar a banda AC/DC dizendo ser a música Shoot to Thrill a responsável. O garoto se suicidou sentado sobre um poster do AC/DC.

Em fevereiro de 1986 foi encontrado o corpo enforcado do garoto Phillip Morton, enquanto ao fundo o disco The Wall (com as músicas Goodbye Cruel World e Waiting for the Worms) tocava continuamente.

Em San Antonio, Texas, um garoto de 16 anos matou uma tia a punhaladas e contou à polícia que no momento do crime estava hipnotizado pela música do Pink Floyd, não podendo sequer se lembrar do ocorrido.

Em outubro de 1984 John McCollum, de 19 anos, se matou com um tiro na cabeça enquanto ouvia Suicide Solution de Ozzy Osbourne. Ele ainda estava com headphones quando o corpo foi encontrado.

Em dezembro de 1985 dois garotos de 18 anos, Raymond Belknap e James Vance, depois de ouvir Beyond the Realms of Death (Judas Priest), foram ao playground de uma igreja próxima e se suicidaram com tiros de espingarda. Os pais tentaram mover uma ação contra o Judas Priest.

Dennis Bartts, 16 anos, de Center Point, Texas, informou a um amigo que pretendia encontrar Satan, foi ao campo de futebol da escola e se enforcou na trave enquanto ouvia "Highway to Hell" (AC/DC) em um walkman.

Em 9 de janeiro de 1988 Thomas Sullivan, 14 anos, fã de Ozzy Osbourne, cortou a garganta da mãe e se suicidou em seguida.

Em 12 de abril de 1985, um garoto fanático por heavy metal de 14 anos matou três pessoas. O garoto (que tinha tatuado um grande 666 no peito) informou estar dominado por Eddie (mascote do Iron Maiden) quando cometeu os assassinatos.

Em 1987 foi capturado o assassino serial, ocultista e canibal Gary Heidnik. Em sua casa na Philadelfia os vizinhos escutavam heavy metal durante todo o dia.

Em 1995 nos EUA uma menina de 15 anos desapareceu. Só oito meses depois acharam seu corpo e os assassinos, três rapazes, dois de 16 e um de 14 anos. Eles confessaram o crime e deram o motivo: era um sacrifício humano ao diabo, inspirado diretamente por uma música dos metaleiros do Slayer, "Altar do Sacrifício".

Nota: Apenas coincidência? Jamais...

sexta-feira, 10 de abril de 2009

COMENTEM, MEDITEM, PRATIQUEM!

Não há como não lembrar do sacrifício de Cristo quando se vive tentando ser como Ele.

Não há como não pensar que Deus não nos entende seja qual for a nossa dor, quando lembramos que Deus sofreu a maior dor do mundo.

Não há como respirar o ar, abrir os olhos, escutar o primeiro som da manhã sem que Deus por sua misericórdia nos conceda esses privilégios.

Não há como cada célula, cada função, cada músculo, cada átomo do nosso corpo funcionar em perfeita harmonia sem que haja o fôlego de vida, que vem de Deus.

Muitas vezes nos prendemos a nossos fúteis e passageiros prazeres, esquecendo da missão que Cristo nos deixou, e até mesmo esquecendo que apenas existimos por misericórdia de Deus.

A vida passa, os dias se vão e tudo é vaidade diz o sábio Salomão. Que de fato em nada erra ao dizer isso. Quanto tempo ainda vamos esperar sentados em nossas casas, em nossos bancos de igreja, em nossas cadeiras de trabalho? Quanto tempo mais vamos dar ao mundo, para que se afunde no ódio de satanás?

Somos egoístas, pois o mundo está como está por nossa causa. Poderíamos acabar com a fome no mundo, acabar com os desabrigados, acabar com as guerras, acabar com o maldito capitalismo, acabar com satanás com APENAS PALAVRAS!

E as palavras são estas: “Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.

Seguiu-se outro anjo, o segundo, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia que tem dado a beber a todas as nações do vinho da fúria da sua prostituição.

Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe pelos séculos dos séculos, e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite, os adoradores da besta e da sua imagem e quem quer que receba a marca do seu nome. Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.” (Apocalipse 14:6 à 12)

Façamos nós as obras que devemos fazer, façamos nós o que não fazemos, façamos nós a vontade de DEUS!

Jean R. Habkost



Extraterrestres: eles estão chegando! – Parte 2

Durante as últimas duas décadas temos presenciado a discussão sobre a existência de extraterrestres e sobre a possibilidade de fazerem contato com nosso planeta. A mente das pessoas está sendo condicionada a aceitar um possível contato futuro com os “seres de outros mundos”. E tal condicionamento tem sido muito eficiente principalmente porque ocorre por meio da TV e do cinema.

OS FATOS:

1. Hoje (19 de outubro), a Band começa a exibir a série "Taken", de Steven Spielberg, onde aparecem famílias tendo contato com extraterrestres.

2. Um fato que tem chamado a atenção de muitos observadores é a quantidade crescente de pessoas famosas que afirmam ter visto OVNIS, não só aqui no Brasil, mas ao redor do mundo (por que será que os ETs preferem gente famosa?). A revista Quem, da editora Globo, edição de 07/09/2001, destacou esse fato com a matéria: “A verdade está lá fora – os ETs não só existem como adoram as celebridades”. A matéria apresenta, entre outras coisas, a experiência de Tarcísio Meira, do Boni da rede Globo, dos cantores Chico Buarque, Sérgio Reis e Maria Bethânia, do apresentador Amaury Jr., e do desenhista Maurício de Sousa (criador dos personagens Mônica e Cebolinha). O destaque ficou com o depoimento do cantor Zé Ramalho: “No futuro próximo, os ETs farão um contato formalizado e público, com transmissão via TV e Internet.” Lógico, com tanta gente famosa como cabo eleitoral, não precisamos nos assustar, caso os brasileiros parem para ouvir e aceitar tudo que os “ETs” falarem. É impressionante a propensão das pessoas para aceitar mensagens até mesmo de “ETs”, enquanto continuam rejeitando a Palavra de Deus...

3. O condicionamento da população para um contato futuro é algo que ninguém pode negar. E os “ETs” estão levando isso a sério. No ano passado (2005), no dia 24 de junho (curiosamente, é o Dia Mundial da Ufologia), um ensaio aconteceu em plena luz do dia. No Estado mexicano de Vera Cruz, na cidade de Xalapa (Jalapa), o governador do Estado, Fidel Herrera Beltrán, juntamente com sua comitiva e muitos repórteres, estavam participando de um evento oficial do governo quando, às 10h30 (horário local), apareceram no céu objetos luminosos que chamaram a atenção de todos. Muitos dos presentes afirmaram ser discos voadores. A TV Asteca exibiu as imagens nos telejornais e a notícia correu o mundo. (Confira aqui e aqui.)

Há um texto bíblico que pode explicar o que aconteceu ali, naquela manhã (ou pelo menos o que foi apenas um ensaio de algo bem maior). O texto diz que, no fim dos tempos, governantes teriam contato com seres sobrenaturais, porém, não exatamente com os seres que os mexicanos pensaram ter visto naquele dia em Xalapa: “Então, vi sair da boca do dragão, da boca da besta, e da boca do falso profeta três espíritos imundos, semelhantes a rãs; porque eles são espíritos de demônios, operadores de sinais, e se dirigem aos reis do mundo inteiro com o fim de ajuntá-los para a peleja do grande dia do Deus Todo-Poderoso.” Apocalipse 16:13 e 14. Interessante que o México tem forte ligação com a cultura pagã dos povos que habitaram ali no passado, especialmente os Astecas. Não menos intrigante é o fato de que no próximo dia 25 mensagens digitalizadas sobre a vida aqui na Terra serão enviadas para o espaço justamente a partir da pirâmide do sol, localizada nas ruínas da cidade asteca de Teotihuacán, no México.

As mensagens têm por objetivo alcançar os extraterrestres – na verdade, a iniciativa é para tornar a aparição de “ETs” um processo natural perante a opinião pública, algo que o ser humano já estava buscando.

Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. II Tessalonicenses 2:9 e 10.

Continua...

Pr. Sérgio Santeli

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Série "Eventos Finais"

Trata-se de uma série promovida no Unasp II - Engenheiro Coelho/SP, onde se está tratando, em síntese, de conceitos importantes das doutrinas bíblicas pertinentes ao tempo do fim. Pela sua relevância, a necessidade de termos estes conceitos muito claros e, a possibilidade de ser mais uma ferramenta para identificação do tempo em que vivemos
Os arquivos estão em mp3 e podem ser baixados ou ouvidos diretamente em um site de armazenamento.

080815 - Pr. José Miranda Rocha - Sinais da volta de Jesus
080829 - Pr. Rodrigo Silva - O juízo investigativo
080905 - Pr. Berndt Wolter - A sacudidura
080912 - Pr. Emilson dos Reis - O selamento
080919 - Pr. Roberto Pereyra - A chuva serôdia
081017 - Pr. Reinaldo Siqueira - O fechamento da porta da graça
081107 - Pr. Ruben Aguilar - A angústia de Jacó
081024 - Pr. Amim Rodor - As 7 pragas e os 4 ventos

Oséias 4:6
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

O transe através da música

Longas festas, em lugares afastados, com muita música eletrônica e drogas sintéticas. Para muitos, essa pode ser a definição das festas raves, tão comuns hoje em dia, mas Tomás Chiaverini mostra que o universo raver vai muito além, em Festa Infinita – O entorpecente mundo das raves. Enquanto acompanha a história de pessoas que frequentam as raves, Tomás mostra como são essas festas. O uso de ecstasy, LSD e outras drogas, o transe através da música, a filosofia P.L.U.R. (Peace, Love, Union, Respect), nada escapa ao olhar atento desse jornalista.

DJ famosos, organizadores de festas, bomba trancers, neo-hippies, pessoas que se penduram por piercings, e também jovens comuns, que estudam ou trabalham a semana toda para passar o final de semana pulando ao som do psytrance, todos são personagens desta história onde as mais diversas tribos se reúnem com o mesmo objetivo: deixar-se hipnotizar pelo tummm, tumm, tumm que vem de gigantescas caixas de som.

Tomás Chiaverini nunca havia ido a uma festa dessas, mas para poder descrever com clareza o que acontece nesse ambiente barulhento e colorido ele não apenas fequentou raves, como viajou, passou mais de 30 horas dentro de um ônibus, com cerca de 40 ravers, para ir ao festival Trancendence, acampou por dez dias no Universo Paralello – um dos maiores festivais do país – e até mesmo experimentou ecstasy para compreender o efeito da droga associado à música eletrônica, tão apreciado por inúmeros jovens. (...)

Festa Infinita – O entorpecente mundo das raves possibilita ao leitor um mergulho nesse mundo onde a música alta e eletrônica hipnotiza, e a festa parece nunca ter hora pra acabar. (...)

(Antes da Estante)

Nota do blog Diário da Profecia: Ultimamente, tenho meditado muito sobre um sermão do pastor Ranieri Sales (de Brasília) analisando a vida de Jó. Transcrevo o cerne de uma de suas ideias: “E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a Meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal” (Jó 1:8). A ideia é muito simples, como todas as realidades de Deus: Jó não apenas não transigia com o pecado, mas se apartava de qualquer caminho que pudesse levar a ele. A pergunta que estabelece essa premissa é simplesmente: “Isso (primeiro passo) pode me levar até lá (pecado)?” Resposta altamente provável de Jó: “Se pode levar, não tenho interesse, desde sempre.” Daí porque Deus o cataloga como íntegro e reto, características ímpares de seu caráter.

Lendo a resenha supra transcrita, de um livro secular, sobre uma mania secular e, sem saber ao certo quais são as impressões finais do autor no tema, que também não importam para esta reflexão, confesso que Jó veio mais uma vez à retina; mais do que isso: suscitou mais uma vez a já irrespondível pergunta: Por qual motivo razoável temos que insistir em flertar com essa música excessivamente ritmada que está invadindo nossas Igrejas?

Mais: Será que é irrazoável vislumbrar-se que a profecia de Indiana para cumprir-se PRECISA dessa abertura que temos concedido aos passos do inimigo de Deus?

O mesmo pastor Ranieri estabelece mais um interessante raciocínio em outro sermão dessa mesma série. No verso 10 do citado texto bíblico, o inimigo de Deus reconhece expressamente que o Senhor coloca uma cerca ao redor de Seus filhos, sendo esta formada por Sua Santa Lei. Dentro do cercado, ouvindo as admoestações divinas e praticando-as, ativa ou passivamente, estamos protegidos; resolvendo colocar os pés fora da cerca, estamos por nossa conta.

Amplio o conceito por minha conta e risco. Vivemos tempos difíceis. A cumprir-se o que aguardamos, a tendência jamais será de calmaria antes de aquela pequena nuvem [da volta de Jesus] aparecer nos céus. Deus, no Seu imenso amor, tem aumentado a “base de dados” do cercado e mantido Seus filhos informados sobre as estratégias do inimigo. Minha oração é que você que chegou até o fim deste texto continue dentro do “cercado” das orientações de Deus. TODAS ELAS. Se está fora, volte enquanto é tempo e, mais do que isso, não se esqueça de se “desviar do mal” também neste tema, como nos ensinam as Sagradas Escrituras.

Criacionismo.com.br

quarta-feira, 8 de abril de 2009

EUA e os muçulmanos

A BBC deu a seguinte notícia:

O presidente americano, Barack Obama, disse esta semana, durante viagem à Turquia, que os Estados Unidos "não estão e nunca estarão em guerra com o Islamismo".

Obama pediu que os países do mundo muçulmano cooperem com os Estados Unidos para combater a al-Qaeda, sobretudo no Paquistão e no Afeganistão.

Desde os atentados de 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos envolveram-se em guerras no Iraque e no Afeganistão, sob a liderança do ex-presidente George W. Bush. Poucos dias antes do discurso, Obama anunciou novos planos para a operação americana no Afeganistão, com reforço de tropas e ênfase na região de fronteira com o Paquistão.

E fez o seguinte questionamento:

Qual é a sua opinião? Você acha que o discurso de Obama será colocado na prática? Os Estados Unidos vão mudar sua relação com o mundo muçulmano?

Veja como o mundo está opinando:

"Se OBAMA fizer amizade com as lideranças religiosas mulçumanas, a paz vem ... E como fazer isso ?
Essa é a grande questão. A religião não deixa.
A humanidade precisava ter uma crença religiosa única.
Dandolo Bagetti - Rio de Janeiro"


"Eu diria que, se grande parte da humanidade tivesse o conhecimento sobre relacoes humanas saudaveis e justas o quanto o Senhor Pres. Obama, conhece, sem duvida nosso Planeta poderia viver melhor em harmonia e amor entre os cidadaos do mundo. A pedra no calcanhar do Senhor Obama, chama-se Republicanos (conservadores) os quais ainda vivem com seus ontolios atados aos seus rostos. Desconfiam de todos, se acham os donos da verdade, infaliveis, susperiores, sao frios, calculistas e beligerantes.
Ruzevaldo Lima Indaiatuba - Sao Paulo"


"Acredito nas boas intenções de Barack Obama em melhorar a relação com o mundo islâmico. Obama, como cidadão do mundo, é contra preconceitos. Não se pode dizer que todo muçulmano seja terrorista, apenas os fanáticos é que optam por este caminho. Já do lado islâmico, tenho dúvidas se Obama será bem compreendido, porque existem fortes divergências entre eles. Espero, pelo bem da humanidade, que Obama realmente inaugure a era do diálogo.
Elvira akchourin do nascimento santos-sp"


"A intençaõ de Barak Obama se cortina pela força de uma cultura e uma história que esta inserida num terrorismo de preconceito no qual o espírito rege políticas de carater antropocêntrico de autodeterminação ancestral. O próprio senado americano estar esbalçamado de branco em terror pela nova era de políticas de tentativa à novos valores cuturais, racias de respeito as juridições de terras e águas nas quais a nova ordem deve-se aos valores de quem maior conservar a sociedade as espécisa, a vida.
Ricardo Silveira de Medeiros Fortaleza, CE"

BBC

Nota: Sera que o mundo espera por uma nova ordem mundial? (rs)